nov 28

No Rio vemos a união das policias contra os bandidos e no INSS…..


….. filas, desrespeito ao cidadão brasileiro, uma vergonha, vejam abaixo o que o funcionário público está fazendo, enquanto muitos esperam em pé pelo atendimento!

INSS
Foto enviada por Victor Eduardo.


Escrito por Airton \\ tags: , , , , , , ,

Um Comentario para “No Rio vemos a união das policias contra os bandidos e no INSS…..”

  1. jose maria martins de brito Escreveu:

    O estado está agindo, tirando a polícia dos quarteis, mas o numero de familias que sobrevivem do tráfico é uma constante que não se pode dizer de imediato e só o tempo vai mostrar pra onde irá este pessoal que sobrevivia pelo dinheiro produzido pelo tráfico, onde o estado deixou por anos no abandono estas familias. Será que o governo irá agir com pulso firme e ajudar estas familias onde há muito tempo tinha sido iniciado este processo de retomada de cuidar da população pelo governo Brizola com os chamados brizolões onde crianças ficavam o dia todo estudando e praticando esportes e tinham comida neste periodo, e este predios foram abandonados pelos governos sucessores ao do Brizola e formou-se pequenos quarteis de traficantes que cobram aluguel dos moradores e muitas vezes obrigam os filhos dos moradores a traficarem em troca do aluguel e de ajuda alimentar, onde os traficantes em determinadas áreas faziam o papel do estado produzindo emprego, dando assistencia médica e sacolões pra determinadas familias e se o governo não assumi este compromisso com a população teremos pessoas saindo do tráfico e partindo para o assalto em massa. Temos que ficar vigilantes e cobrar dos governantes práticas para manter as famílias unidas longe do tráfico com condições de sobreviver, com ajuda de toda sociedade com incentivos fiscais para contratação de mão obra não especializada para absolver estas pessoas que trabalhavam e sobreviviam da contravenção…..

    A lamparina… a vela… o lampião ….
    À luz que iluminava a mesa que a gente se alimentava: ali à luz de vela mamãe rezava….. agradecia pelo pão…pelo dia , pela vida.
    Pela manhã mais um milagre: o café na mesa se multiplicava,,,, tudo era difícil mais eles acreditavam e me ensinavam agradecer pelo pão de cada dia.
    O tempo passava tão depressa… era natal a gente se reunia era uma festa de fartura …mesmo sem ter presentes a comida não faltava. De mãos dadas a gente agradecia era festa.. era alegria.. mesmo sem ter fogos, a gente só ouvia.
    Chegaram os verões e os anos se foram. Eu conheci a dor da perda ao me despedir de quem tanta amei sem dizer te amo: o coração parecia não pulsar… os meus olhos pareciam rios de lágrimas pela perda e dor: conheci a dor da tristeza e da saudade.
    Minha fé se abalou… meu ser chorou.
    lamparinas não iluminam o meu lar mas a oração prevalece bem mais forte…as sementes que os pais plantam os filhos colhem eternamente…A mesa rodeada pela família que acredita em Cristo…. sempre será farta. Ele sempre proverá basta pedir e acreditar, assim me ensinaram no alvorecer, no amanhecer com a família a mesa o milagre acontecia…. o pão se multiplicava a luz do dia, a luz de vela, do lampião a luz de Deus… basta acreditar.

Deixe seu comentário