dez 02

TV Digital estréia em São Paulo


Bruno Machado, Agência JB

RIO – Neste domingo a tão comentada e aguardada TV Digital começa a ser transmitida para os televisores de São Paulo, de forma experimental. Para receber o sinal será necessário ter um conversor de TV digital, que o governo já pensa em baratear com isenção tributária. A rede de lojas Super Casas Bahia já iniciou a venda de três modelos de conversores, com valores que variam de R$ 499 a R$ 799. A expectativa é que, com os incentivos do governo, alguns modelos do aparelho possam custar apenas R$ 250.

Dentre as principais mudanças anunciadas, estão a alta-definição das imagens, a interatividade com a programação e a possibilidade de gravar a programação em discos rígidos e pausar a imagem a qualquer momento. Também muda o formato de exibição, a TV analógica reproduz imagens na proporção 4:3, enquanto a digital, exibe o formato de cinema (16:9), ou seja, mais informações podem aparecer na tela. Mas para Nelson Hineff, diretor do Instituto de Estudos da TV, a chegada da TV Digital no Brasil não deve ser vista como um simples aprimoramento da TV analógica.

– O foco deve estar no conteúdo e nas suas aplicações, não devemos focar no serviço, caso contrário, podemos cair na mesma armadilha que transformou a TV a cabo num produto para poucos. A TV Digital deve ter um perfil mais abrangente – afirma Nelson.

Uma das novidades que promete fascinar grande parte dos tecnomaníacos é a mobilidade. De olho neste mercado, a Tec Toy aposta no MobTV, um receptor móvel de TV Digital (parece um pen-drive equipado com uma pequena antena) que poderá ser conectado no USB de PCs e notebooks e custará algo em torno de R$ 375. Adaptadores para sintonizar a transmissão digital em smartphones também não devem demorar para chegar ao mercado nacional.

A TV Brasil, primeiro canal público de televisão digital do país, também estará disponível para os moradores de São Paulo. A mesma programação será transmitida em sinal analógico para os estados do Rio de Janeiro e do Maranhão, além do Distrito Federal, inicialmente. SBT, TV Globo, Gazeta e Rede Record se dizem preparadas para transmitir o conteúdo digital.

As emissoras já realizaram diversos testes de transmissão digital em UHF. O Grupo Bandeirantes e a Globo estrearam recentemente telenovelas que estão sendo gravadas em alta definição. As novas antenas de transmissão permitem que as emissoras passem a transmitir quatro canais, em média. A nova era obriga as emissoras a investir alto em tecnologia, a Band, por exemplo, investiu cerca de R$ 40 milhões.

A previsão do governo é que entre dez e 20 anos a TV Digital substitua a TV analógica em todo o território nacional. Com a alta taxa de compressão na transmissão digital, uma gama maior de canais estará à disposição do telespectador comum e com a qualidade da imagem seis vezes mais nítida. Cabelo, maquiagem, roupas e cenários precisarão de atenção e investimento especial. Detalhes que antes não eram percebidos pelo telespectador passam a fazer toda a diferença neste tipo de transmissão.



Escrito por Airton \\ tags: ,

Deixe seu comentário