out 24

crianca-celular-cancer A maior  pesquisa já realizada para investigar a possível relação entre o uso de telefones celulares e câncer não encontrou evidências de que esses aparelhos provoquem a formação de qualquer tipo de câncer. A pesquisa contou com a participação de 350 mil pessoas e concluiu que não havia diferença nas taxas de incidência de câncer entre usuários de celulares por uma década e não usuários..

No estudo publicado na edição on line da “Revista Britânica de Medicina”, os autores atualizaram estudo prévio que examinou 358.403 usuários de celulares, com média de idade de 30 anos na Dinamarca, de 1990 a 2007. As taxas de câncer nos usuários de celulares durante aproximadamente 10 anos foram similares às taxas em participantes sem telefone celular. E os usuários não apresentaram uma maior probabilidade de desenvolver tumor de cérebro, como glioma.

Porém, mais de cinco milhões de pessoas em todo o mundo usam celulares, o que dificulta a realização de estudos comparando a incidência de câncer em usuários dos aparelhos e não usuários.




Escrito por Airton \\ tags: , , , , , ,