ago 13

Anunciados dois casos do Virus da gripe H1N1 nos presídios de Ribeirão Preto e Sorocaba, estes prováveis da Superlotação e falta de higiene que poderão vir a facilitar transmissão entre os presidiários.gripe_presidios_h1n1

Segundo o G1, hoje a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo confirmou os dois primeiros casos de pacientes detentos, em Sorocaba e Ribeirão Preto.

O temor dos especialistas é que a má condição sanitária da população carcerária proporcione a disseminação da doença com maior rapidez.

presidio-superlotacao-h1n1 Segundo o infectologista Caio Rosenthal, a contaminação de presidiários já era esperada. Ele diz que o Cremesp já vinha debatendo a questão. “Os casos em presídios são muito graves e preocupantes para nós”, afirma o médico. “A condição sanitária do paciente institucionalizado é um problema que chama a atenção do conselho.”




Escrito por Airton \\ tags: , , , , , ,