mai 19

Carro com pneu careca é um perigo. Mas nas motos, o problema é muito pior. Boa parte dos acidentes poderia ser evitada se o veículo estivesse “melhor calçado”.
Os compostos dos pneus de motos são diferentes dos usados em automóveis. Nas motocicletas, são mais macios e têm camada mais fina de borracha. Têm maior sensibilidade, mas sofrem desgaste mais rápido – em média duram 15 mil km.
Fatores como piso, caracteristicas da moto e estilo de pilotagem podem variar a vida útil. Se as rodas estiverem bem alinhadas, o pneu vai durar mais. Na hora da compra é importante ficar atento às especificações técnicas para saber se estão de acordo com a sua moto, com o tipo de terreno que você vai trafegar e com a forma de ultilização.
Nem todos sabem interpretar os numeros dispostos nas laterais dos pneus. Lá estão descritos os códigos com as caracteristicas estruturais e suas limitações de uso. Para sua segurança, respeite essas limitações. Por mais que seja tentador mexer no tamanho dos pneus, a chance do tombo é muito grande.

Veja o que significa, por exemplo, um pneu com medidas 150/70 17 69H

150 – Largura da banda de rondagem em milímetros.
70 – Indica a altura lateral, em porcentagem à largura (no caso 70% de 150 = 105mm de altura).
17 – Medida do aro, em polegadas.
69 – Índice de capacidade de carga (325kg). É o mais comum para motos, mas o número, no Brasil, varia de 60 (140kg) até 114 (1180), para caminhões.
H – Velocidade máxima permitida, definidas por tabela (no caso, 210km/h). No Brasil, as letras vão de N (140km/h) a Y (300 km/h).

Outras dicas

Caso tenha de fazer o reparo no pneu, evite ferramentas pontiagudas ou cortantes para tirá-lo do aro. Você pode danificar a estrutura e provocar futuros vasamentos.
Alguns pneus tem indicação pintada na lateral. São pequenos pontos que mostram onde ele é mais leve. Posicione esta parte proxima a valvula de ar para não prejudicar o balanceamento.
Sempre que trocar o pneu, substitua a camara.
Verifique a calibragem ao menoz uma vez por semana. Alterar o pneus pode resultar em aumento no consumo de combustivél, falta de aderência, problema de frenagem e trepidação.
Fique atento as bolhas na estrutura. Para saber até onde deve-se rodar com segurança, procure a sigla TWI, a marca de desgaste de sulcos, na lateral do pneu.
Nunca passe produtos para deixae brilho na borracha. São feitos a base de óleos e ceras que podem fazer a moto escorregar – nos carros esse problema não ocorre.



Escrito por Airton \\ tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

jan 05

Herchcovitch - Fashion Rio Verao 2012

Dia: Faça um rabo de cavalo alto e divida o cabelo em três. Em cada parte, faça uma trança. Depois, enrole-as em um coque e prenda com grampos. Para não ficar com aqueles fiozinhos solto, complete o penteado com fixador. Quem não tem cabelo solto, pode usar uma aplique, que produz o mesmo efeito no visual sem parecer artificial.
A maquiagem é leve, para transmitir ar de frescor. Blush em tom de bronzeador com gloss nos lábios e sombra clara formam o trio perfeito para os dias quentes.

coquelateral

Noite: Um rabo de lateral e fios bem desfiados com pente fino viram um coque lateral que deve ser preso com grampos. Para garantir que o penteado se mantenha durante toda a festa, complete com fixador.
No make, priorize um olhar tão marcante como o penteado. Na base, use lápis preto. Depois, sombra preta esfumaçada e bastante rímel. O olhar pede uma boca que não chame tanta atenção. Base líquida ou batom nude são ideais para dar esse efeito apagadinho. Complete a produção com blush bem leve e corra para o agito!




Escrito por Airton \\ tags: , , , , , , ,