dez 05

Michel-Klein-Casas-Bahia-Abilio-Diniz-Pao-de-Acucar

A associação entre o Grupo Pão de Açúcar e as Casas Bahia significará uma importante reconfiguração do varejo. O negócio, assinado às 6h ontem, criará a maior empresa do setor no Brasil, com faturamento anual de cerca de R$ 40 bilhões, e quinta do país, atrás de Petrobras, Vale, Gerdau e Ambev. Também reforçará a presença do Pão de Açúcar nas classes C, D e E e garantirá à companhia a liderança no comércio de bens duráveis, como eletrodomésticos e móveis.

O crescimento do grupo Pão de Açúcar no chamado mercado “não alimentos” teve início com a aquisição, em junho deste ano, da Globex (dona da Ponto Frio).

Com isso, o grupo se tornou o segundo maior desse segmento. Após a compra das Casas Bahia, líder até então, sua receita bruta no varejo de bens duráveis somará R$ 18,5 bilhões (dados de 2008), e a segunda colocada passa a ser a rede Magazine Luiza.

A fusão entre dois dos mais tradicionais gigantes do varejo brasileiro será feita por meio da Globex: o grupo Casas Bahia deve criar uma sociedade, a Nova Casas Bahia, que será incorporada ao patrimônio da Globex. O negócio ainda será analisado pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

casas-bahia-pao-de-acucar

Fonte: Zero Hora



Escrito por Airton \\ tags: , , , ,