dez 03

solidariedade santa catarina O governo de Santa Catarina informou que as arrecadações de alimentos e roupas foram suspensas momentaneamente porque as doações recebidas superaram a capacidade de armazenamento disponível. Para facilitar a logística de distribuição, a Defesa Civil solicitou que o transporte das doações seja agendado. Doações em dinheiro continuam sendo solicitadas.

“Neste momento as centrais estão cheias e não há espaço físico para receber mais suprimentos. Em alguns pontos, caminhões enfrentam longas filas para descarregar as doações”, disse o diretor da Defesa Civil, major Márcio Luiz Alves.

A orientação é para que o transporte de doações só seja programado a partir da próxima semana, quando passará a operar uma nova Central de Arrecadação e Distribuição, com 10 mil m², na Grande Florianópolis. “Neste momento não há necessidades, porém é importante lembrar que muitos abrigos ficarão ativados durante meses e será necessário abastecê-los com os recursos armazenados”, explicou o diretor.

Para o secretário da Justiça e Cidadania, Justiniano Pedroso, a solidariedade dos brasileiros superou todas as expectativas e demonstra a dimensão do desastre. “Santa Catarina agradece as milhões de demonstrações de apoio de cidadãos brasileiros e empresas que se mobilizam para ajudar a reconstruir a vida das vítimas do desastre. As demonstrações de solidariedade fortalecem o trabalho de todas as equipes envolvidas e somam-se aos esforços dos governos para garantir o retorno da normalidade”, afirmou.

Conforme a demanda, a Defesa Civil catarinense poderá divulgar novos pedidos de doações.

As informações são do Portal do Terra



Escrito por Airton \\ tags: , , ,

dez 01

Solidariedade A Embaixada norte-americana no Brasil, vai liberar cinqüenta mil dólares, cerca de 118 mil reais, para ajudar as vítimas das enchentes que atingiram as cidades catarinenses. O valor será para a aquisição de suprimentos de emergência e assistência para o Estado. Lisa Kubiske, encarregada de Negócios da Embaixada dos Estados Unidos, transmitiu a solidariedade de seu povo às vítimas.

A embaixada informou ainda, que continuará a ajudar as autoridades estaduais, também na prestação de auxílio em reparos básicos, nas residências atingidas. As enchentes provocaram pelo menos 110 mortos e mais de um milhão e meio de pessoas foram atingidas. Dezenove permanecem desaparecidas e cerca de 78 mil catarinenses, tiveram que deixar suas casas.




Escrito por Airton \\ tags: , , , ,