dez 02

Cidadão em primeiro lugar

Rose Esquenazi / JB Online

A intenção é a melhor possível. Neste domingo, às 11h45, quando a programação da TV Brasil entrar no ar, um novo conceito de televisão vai nascer no país. A diretora presidente da TV Brasil, Tereza Cruvinel, avisa que agora o telespectador será visto como cidadão e não mais como consumidor. Um alívio, tratando-se dos bombardeios diários de anúncios emitidos pelas TVs comerciais e por assinatura. “Tudo o que contribuir para a formação crítica da população será bem-vindo”, promete Tereza, que tem duas grandes preocupações: “Em primeiro lugar, não se trata ainda de uma estréia e, sim, de uma unificação da TVE e da TV Nacional.

Em segundo lugar, queremos fazer isso de forma a preservar o respeito ao público habitual de cada emissora”, explica. Para o dia da estréia, o diretor de programação, Leopoldo Nunes, anuncia uma revista com longas e curtas metragens, interprogramas, depoimentos gravados, esporte e animação. Das 16h às 20h, haverá um programa, ao vivo, que vai falar sobre a TV digital, a pública e o que representa esse modelo para a cidadania. Às 20h, um pool, patrocinado pelo Forum da TV digital entre todas as emissoras, lança, a partir de São Paulo, a TV digital no Brasil.

O presidente Lula fará o discurso que vai marcar a data na história das telecomunicações. “Amanhã, às 21h, estréia o primeiro programa produzido pela TV Brasil: o telejornal Repórter Brasil, feito em duas praças, Rio e Brasília”, adianta Tereza, que ainda não pode mostrar as vinhetas, os interprogramas e a nova programação. Esse material só estará pronto em março do ano que vem.



Escrito por Airton \\ tags: