mai 08

1. Conhecer

– O mais importante para o vendedor é ele conhecer o que vende, não importa se é um serviço ou um produto ou se ele o utiliza ou não. O que ele precisa é conhecer profundamente e ter afinidade
com o que vende. Nesse ponto, também é importante a pessoa ter autoconfiança. O cliente precisa entender que o que está sendo vendido é confiável.

2. Ambição

– O vendedor deve ser ambicioso. Mas não de forma negativa, e, sim, ser alguém que nunca está
satisfeito, que parte de um desafio em busca de outro, que quer mais. Essa ambição promove o crescimento, a busca por conhecimento. Nunca será alguém que cumpre a sua meta e se acomoda com isso.

3. Mudança

– Quando namoramos alguém e não estamos mais sentindo prazer com aquela pessoa, significa que precisamos mudar. Ou reenergizar essa relação ou terminá-la. O mesmo vale para uma relação de trabalho. Se o vendedor está desmotivado em uma empresa, deve procurar reacender o brilho, conversando com seus gestores em busca de novas possibilidades ou procurando vaga em outra
empresa. Manter a relação saudável é fundamental para um bom desempenho.

4. Decisão

– O bom vendedor pode ganhar o salário que quiser. Ele é apaixonado pelo que faz e conquista todos à sua volta. E o momento atual é de franco desenvolvimento no país, somos a sexta potência
mundial, as pessoas estão enriquecendo. Pensar de forma positiva ajuda a realizar. Se você é um excelente profissional, procure uma excelente empresa. Eu sempre penso: hoje tomei uma
decisão, vou ser feliz, aconteça o que acontecer.

5. Assumir

– Existe um medo da palavra “vendedor” devido a um conceito antigo, a partir do qual se achava
que a pessoa, se não soubesse fazer nada, ia para vendas. Tem quem se apresente como consultor
de venda, mas não tem nada de errado em ser vendedor. É preciso se assumir como tal.

6. Resistência

– Trabalhar em telemarketing não é fácil. Os operadores ouvem muitas ofensas e convivem com o
mau humor de quem está do outro lado da linha. Mas isso não é pessoal. Quem é muito sensível não deve atuar na área. E quem atua tem que ter um espírito receptivo às críticas.

7. Sonhar

– Ser empreendedor é ter atitude para aprender a fazer, crescer, sonhar. Quem sonha pequeno, realiza pequeno, e o contrário também acontece. Um vendedor, promovido a gerente, se ocupou em me dizer quais não eram seus sonhos, de tanto medo de sonhar. Confie em você.

Saiba mais

Quem quer crescer na profissão deve entender, também, das técnicas da área de vendas. Fazer
cursos e se qualificar é fundamental, segundo a psicóloga e professora do Senac Adriana Spigolon.
Ela explica, ainda, que é preciso respeitar o cliente. No comércio, diz ela, é comum ver quem não gosta do que faz e atende mal. Parece estar fazendo um favor.
Metade do caminho para ser um bom profissional é escolher algo que faça a pessoa se sentir bem.
Cada dia mais, as pessoas preferem comprar em casa, pela internet. E isso faz pensar em qual será o futuro do vendedor. Ele precisa ser muito melhor do que a comodidade de comprar pelo computador.
Para crescer na carreira, o melhor caminho é estudar. Ter outra língua tem de ser prioridade. Profissionais bilíngues serão “caçados” no mercado daqui a dois ou três anos, devido aos eventos internacionais que acontecerão no Brasil.
A especialista encerra com uma dica essencial: se não gosta de atender o público, de lidar o tempo todo com pessoas, não faça isso. Escolha outra profissão.

Curso gratuito
O Senac oferece, por meio do Programa Senac de Gratuidade (PSG), o curso sem custos de vendedor. Até o ano passado, era o segundo mais realizado do PSG, perdendo apenas para auxiliar administrativo.
Atualmente, a capacitação é ofertada em Porto Alegre por meio do Pronatec. Para se inscrever, é preciso procurar as agências FGTAS/Sine ou os Centros de Referência de Assistência Social (Cras).



Escrito por Airton \\ tags: , , , , , , , , , ,

mar 31

Após Pesquisa divulgada  pela empresa Gfk que mostrou que 57% dos brasileiros querem um iPad, sendo que 67% dos jovens com idade entre 18 e 24 anos demostraram total interesse no produto, a Anatel homologou hoje o iPad 2, o que permite o inicio das  vendas aqui no Brasil.

Segundo o portal terra, a primeira versão do tablet levou cinco meses para ser homologado no País, a autorização chegou rápido dessa vez. Mas isso não é um indício de que o aparelho deva chegar logo às lojas. Homologada em agosto de 2010, a primeira versão do equipamento só começou a ser vendida no País em dezembro do ano passado. Segundo a assessoria de imprensa da Apple, a empresa continua sem previsão de lançamento para o aparelho por aqui.

Assim como o aparelho anterior, o iPad com conexão Wi-Fi foi catalogado pela agência como “transceptor de radiação restrita” e como “estação terminal de acesso” no modelo com Wi-Fi e 3G.




Escrito por Airton \\ tags: , , , , , ,