out 02

OLYMPICS/RIOUma sexta-feira histórica para o esporte brasileiro, os cariocas conquistaram em Copenhague o direito de sediar os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016. Até a cerimônia de abertura no Maracanã, serão mais de 2.400 dias. Tempo de sobra para viver intensamente cada modalidade, moldar novos ídolos e, acima de tudo, deixar a cidade ainda mais maravilhosa.

Quando o presidente do Comitê Olímpico Internacional, Jacques Rogge, abriu o envelope com os cinco anéis olímpicos e anunciou a vitória do Rio, foram duas explosões simultâneas de alegria. Na Praia de Copacabana, a multidão que aguardava o resultado soltou o grito e começou a comemorar sob uma chuva de papel picado.

Enquanto isso, no Air Force One, Barack Obama já voltava para casa, com as mãos vazias e uma decepcionante eliminação na primeira rodada. A população japonesa, em sua maioria contra a candidatura, pôde festejar a saída na segunda fase. Madri avançou à final, mas não conseguiu emplacar duas Olimpíadas seguidas na Europa. E a vitória brasileira sobre os espanhóis na última rodada veio com sobras: 66 votos contra 32.

Na primeira fase, Chicago foi eliminada com apenas 18 votos. Madri liderou a primeira parcial, com 28, seguida por Rio (26) e Tóquio (22). A segunda etapa já teve o Rio bem na frente, com 46, contra 29 dos espanhóis e 20 dos japoneses, que saíram da briga.

O Brasil, que lutava há mais de uma década pelo direito de sediar os Jogos, ganhou a disputa na lágrima, da mesma forma como costuma festejar suas conquistas em cima do pódio em competições mundo afora. Com uma apresentação marcada pelo tom emotivo nesta sexta-feira, o Rio deu a cartada final para convencer os integrantes do Comitê Olímpico Internacional a plantar o movimento olímpico na América do Sul pela primeira vez. A estratégia funcionou bem.




Escrito por Airton \\ tags: , , , , , , , ,

ago 23

O concurso Miss Universo chega à final hoje, quando serão anunciadas as 15 seminfinalistas que concorrerão ao título de mulher mais bonita do mundo, em Nassau, nas Bahamas. Oitenta e quatro candidatas foram selecionadas para participar do concurso de beleza.

Votem aqui na nosssa candidata Larissa da Costa!

A potiguar Larissa Costa, de 25 anos, representa o Brasil no Miss Universo. Hospedadas no complexo hoteleiro Atlantis Paradise Island de Nassau, nas Bahamas, as candidatas passaram por uma bateria de avaliações.

Larissa da Costa Miss Universo A Miss Brasil Larissa Costa no desfile de biquíni e em traje de gala

Larissa Costa aparece em primeiro lugar no ranking das candidatas do site oficial do Miss Universo. Os internautas podem dar créditos de até cinco estrelas para cada candidata. Até a noite de sexta-feira (21), a brasileira aparecia com a melhor média (2,78), seguida pela Miss Indonésia (2,75), Miss Guatemala (2,72) e Miss Tailândia (2,70).

Votem aqui na nosssa candidata Larissa da Costa!




Escrito por Airton \\ tags: , , , ,